Há exatamente um ano, a equipe da Primeira Via estava no meio do atendimento de um grande evento, o 90º ENIC (Encontro Nacional da Indústria da Construção). Com 20 anos de experiência no mercado da comunicação, já assessoramos dezenas de congressos, seminários e encontros, mas este foi um tanto quanto diferente, pois recebeu um participante ilustre: o então presidente da república Michel Temer.

 

O que era para ser um job de assessoria de imprensa – com produção de conteúdos, sugestão de pautas alinhadas com o mercado atual, entrevistas e envio de convites para os jornalistas participarem do evento – se tornou algo bem maior. Depois que a Secretaria de Governo da Presidência confirmou a presença da autoridade máxima do país na abertura do evento, a rotina da agência ficou bastante movimentada. O telefone e o WhatsApp não deram sossego naquele 16 de maio de 2018. Eram jornalistas o tempo todo em busca da confirmação oficial e querendo detalhes da chegada do presidente.

A abertura do evento, que deveria somente receber personalidades estratégicas do setor, ganhou visibilidade nacional e a assinatura de convênios para a melhoria do setor imobiliário em Santa Catarina. O 90º ENIC não foi apenas um encontro que debateu temas importantes para o segmento – como inovação, tecnologia e sustentabilidade, significou muito mais para o Estado anfitrião.

 

O disputado credenciamento

 

Assim como em todo grande evento, alguns dias antes da abertura a assessoria monta uma lista de jornalistas e/ou influenciadores que serão convidados para participarem ou realizarem pautas referentes aos assuntos que serão abordados. Neste caso, a lista estava pronta, mas cresceu significativamente após a confirmação da vinda de Temer. A diferença foi que todos os nomes precisavam ser aprovados pela assessoria da presidência. Isso atrasou um pouco a agilidade que é preciso ter nesses momentos.

 

Todos queriam saber por onde o presidente iria entrar, por onde passaria para chegar ao saguão principal, que horário a solenidade iria começar… Enfim, foram muitas perguntas que não tínhamos as respostas, já que a equipe de segurança do presidente não liberava as informações. Apesar disso, conseguimos fazer contato e nos aproximar ainda mais dos profissionais. Devido ao número de jornalistas credenciados, a organização do evento montou um espaço exclusivo para eles. Foi uma verdadeira coletiva de imprensa, caso raro nos dias de hoje.

 

A equipe da Primeira Via acompanhou tudo de perto. Desde a chegada ao local do evento, as entrevistas, os chamados dos jornalistas querendo saber mais detalhes e, principalmente, “colamos” no presidente do 90º ENIC, Marco Aurélio Alberton, para organizar pautas de diferentes assuntos que foram abordados durante os três dias do evento.

 

Clipping encorpado

 

O evento abordou diversos temas relevantes para o segmento da construção civil do país, que por si só já estava rendendo inúmeras pautas. Mas com a ida do presidente da república, a repercussão foi ainda maior. O evento rendeu 275 inserções em rádio, TV, jornal e mídia online. O resultado foi tão positivo que a Primeira Via foi chamada novamente pela organização do ENIC para produzir a revista da 90ª edição, que já anunciaria o local do futuro encontro.

 

Depois de finalizar a assessoria do evento, então, a equipe trabalhou para dar conta da revista de 72 páginas. A correria foi geral para escrever os conteúdos de todas as plenárias e fóruns realizados, além de identificar as fotos e fazer reuniões com a equipe gráfica. Passaram-se quatro meses e o material foi impresso, com muito trabalho e orgulho.