Influenciador Digital: Camila Coelho

 
Qual o poder de um influenciador digital?

Profissão: influenciador digital. Mas o que, de fato, é isso? Com o uso constante das mídias digitais e a informação vindo de diversos canais, muita gente passou a se denominar ‘influenciador digital’. Seja por comunicar uma notícia, um evento, produto ou repercutir algum tema mais polêmico. Essa troca de conhecimento linear acabou tornando referências algumas pessoas em determinados assuntos. Como a Camila Coelho para moda e maquiagem, Gabriela Pugliesi para o mundo fitness e o Pedro Afonso, do canal Rezendeevil, quando o assunto são os games. Existem muitos outros que exercem um ‘poder’ sobre nós, os usuários comuns.

 

O influenciador digital é uma pessoa que impacta de alguma forma um número de pessoas, seja de pequeno ou grande nicho. Eles produzem seus conteúdos, embasados por práticas e vivências pessoais, e levam ao público. Resenhas sobre roupas, cosméticos, carros, livros, viagens e restaurantes aproximam e engajam os seguidores. Essas pessoas se tornaram profissionais exercendo uma influência sobre as pessoas, o que pode afetar na sua tomada de decisão.

 

Não foi por acaso que o termo ‘influenciador’ se tornou bastante usado na internet e um dos mais buscados no Google. Este engajamento no mundo digital, hoje, é visto como um mercado que pode, sim, trazer resultados bastante positivos para as marcas que desejam  conquistar e se aproximar do público-alvo. Este marketing de influência já é uma realidade e, segundo a revista Forbes, gera uma taxa de retorno de até 37% maior do que a publicidade tradicional. Mas por que isso acontece? Porque existe uma persuasão por proximidade. O influenciador digital divulga sua escolha e comportamento e acaba, indiretamente, auxiliando nas nossas escolhas e decisões.

 

Isso acontece porque em algum momento nos identificamos com aquela pessoa. Seja porque ela tem interesses similares ou trabalhe por uma causa que você admira. Essa relação de proximidade com os seguidores aumenta a penetração e o alcance do conteúdo. Muitas marcas têm aproveitado isso para se posicionar e ganhar destaque junto aos clientes. E esse relacionamento fiel pode resultar em vendas e experiências positivas.

 

Micro ou macro

 

Mas, como avaliar quem é o influenciador digital ideal para o meu negócio? Tudo depende. Alcançar a legião de seguidores da Gisele Bündchen tem um preço e pode ser que o resultado não seja o esperado. O questionamento deve ser: onde quero chegar e quanto posso investir? Talvez para uma marca de roupas local, por exemplo, o foco não seja chamar a modelo mais famosa do mundo. Essa relação pode não dar certo, já que a demanda dos seguidores dela pode causar uma falta de estoque e o atendimento nem esteja preparado para um grande impacto, que provavelmente aconteceria nesta situação.

 

Agora, estreitar o relacionamento com um influenciador digital da cidade onde a marca está inserida, convidá-lo para experimentar seu produto ou serviço e deixar que ele faça  comentários sobre sua vivência pode ser o melhor caminho. Some a segmentação, o alcance, o engajamento, a proximidade e dívida pelo investimento. O resultado disso é um saldo positivo no fim das contas, que poder ser palpável e gerenciável para seu negócio.

 

Se você precisa de ajuda para identificar um influenciador digital para sua marca e fazer a gestão de todo esse processo, conte com a nossa expertise. Que tal tomarmos um café?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *