fbpx
Tempo de Leitura: 5 minutos

Como se tornar um bom porta-voz para a sua empresa

porta-voz

Fortalecer o relacionamento com a imprensa, zelar pela imagem da empresa e estar presente em eventos sociais são algumas das atribuições de um porta-voz. Essa figura é extremamente importante dentro da estratégia de comunicação, pois ela será a representante oficial da marca. A escolha dessa pessoa precisa ser feita criteriosamente, dada a complexidade da função, visto que qualquer deslize pode comprometer a imagem positiva construída pela empresa.

Para ser um bom porta-voz é preciso conhecer algumas técnicas de comunicação, ter disponibilidade para atender jornalistas, e, claro, saber tudo sobre o negócio e o mercado de atuação. Como o porta-voz, muitas vezes, não é um profissional da comunicação, é possível realizar treinamentos para capacitá-lo: o famoso media training. Essa imersão, normalmente, é dada pela assessoria de imprensa que dará orientações para domínio da função.

Confira neste artigo quem pode ser um porta-voz e dicas importantes para não errar ao representar a sua empresa!

Quem pode ser porta-voz?

Quando uma assessoria de imprensa é contratada, uma das primeiras perguntas que será feita é: quem será o porta-voz da empresa? Essa figura é crucial para o trabalho da assessoria, que irá sugeri-la como fonte para os veículos de comunicação e fortalecer a imagem dela como autoridade nos materiais que serão divulgados. Por ser estratégico, o porta-voz precisa ser uma pessoa com cargo de liderança, já que responderá em nome da empresa. Normalmente, é escolhido o CEO para assumir essa tarefa, mas em companhias de grande porte é possível dividir o trabalho com alguns diretores.

Na prática, o porta-voz irá atender a imprensa, participar de coletivas e lançamentos, representará a empresa em eventos e nos momentos de crise será o ponto de contato com a mídia e o público. Para isso, ele precisará ter disponibilidade e flexibilidade para atender os jornalistas e dominar assuntos internos, como números de balanço, por exemplo, e conhecer dados sobre o mercado de atuação.

Porém, antes de ser oficializado como a ‘imagem’ da marca, ele passará por um media training, para saber o que pode e não pode ser feito e receber orientações sobre como responder aos jornalistas e qual a postura correta nas entrevistas. Confira algumas dicas sobre como se tornar um bom porta-voz!

1. Se prepare para as entrevistas

A assessoria de imprensa sempre irá passar um briefing sobre a entrevista: veículo, tipo de mídia, pauta e nome do jornalista. Leia com atenção o material. Em alguns casos, o jornalista já encaminha as perguntas antecipadamente, por isso leia e esteja preparado para responder. 

2. Seja claro e objetivo nas respostas

Ao responder o jornalista seja claro e objetivo para que não haja uma interpretação errada. Para facilitar, uma boa dica é trazer exemplos para ilustrar a fala. Porém, não se estenda muito, pois pode ficar cansativo. Mantenha o foco na entrevista e evite trazer assuntos terceiros.

3. Atenção à sua imagem

Como diz o ditado: uma imagem vale mais do que mil palavras. Procure usar roupas menos chamativas e poucos acessórios. Evite os exageros, sua imagem pessoal reflete na empresa.

4. Coloque-se à disposição do jornalista

No fim da entrevista, se coloque à disposição do jornalista caso ele fique com alguma dúvida. Também agradeça a oportunidade (sem ser exagerado) e passe o seu contato profissional do LinkedIn para fazer conexão.

5. Cuide da sua postura nas redes sociais

Como um porta-voz, a sua imagem pessoal estará atrelada a da empresa. Por isso, é preciso tomar cuidado com a postura transmitida nas redes sociais. Evite publicar sobre assuntos polêmicos e imagens com trajes de banho, por exemplo. Lembre-se: conexão é tudo, esteja conectado com pessoas estratégicas e fortaleça a sua presença no LinkedIn.

6. Esteja sempre alinhado com a assessoria

A assessoria de imprensa é a sua maior aliada na construção da autoridade e credibilidade da marca, por isso não passe informações estratégicas sem antes conversar com a sua equipe. Eles saberão a melhor maneira de divulgar uma informação!

Com o auxílio da assessoria de imprensa e seguindo essas dicas de comportamento, é possível crescer e se tornar uma referência no seu mercado de atuação. A partir disso, a empresa conquista visibilidade, credibilidade e autoridade, além de fortalecer o relacionamento entre marca e imprensa. 

Compartilhe esse post